Obras municipais

Informações de obras, ART e engenharia.

568/2017 - CONSTRUÇÃO DE MELHORIAS HABITACIONAIS PARA O CONTROLE DA DOENÇA DE CHAGAS NO MUNICÍPIO DE MIRAÍMA.

CONSTRUÇÃO DE MELHORIAS HABITACIONAIS PARA O CONTROLE DA DOENÇA DE CHAGAS NO MUNICÍPIO DE MIRAÍMA.

Data: 04/07/2018

secretaria: SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS PÚBLICOS

tipo: CONSTRUÇÃO

Fonte: FUNASA

Local: LOCALIDADE DE LUNDU, S/N - LUNDU - 62.530-000 - DISTRITO DE BROTAS - MIRAÍMA - CE

Estatísticas da obra
VALOR TOTAL DA OBRA
R$ 484.594,22

* Somas dos contratos e aditivos

TOTAL DE MEDIÇÕES
R$ 386.692,86

* Total de medições = (Soma das medições)

SALDO DA OBRA
R$ 97.901,36

* Saldo da obra = (Total da obra - Total de medições)

PERCENTUAL DA OBRA
79,80%

* Percentual = (Medições / Total da obra * 100)

TOTAL DE MEDIÇÕES PAGAS
R$ 386.692,86

* Total de medições pagas = (Soma das medições pagas)

SALDO DA CONTA
R$ 97.901,36

* Saldo da conta = (Total da obra - Total de medições pagas)

PERCENTUAL FINANCEIRO
79,80%

* Percentual = (Total de medições pagas / Total da obra * 100)

Evolução das medições
Mais informações da obras
Período Responsável pela execução Valor (R$) Percentual (%) Situação Mais
16/08/2021 - 16/09/2021 CNT - CONTRUTORA NOVA TERRA 54.391,17 11,22% PAGO
09/07/2020 - 09/12/2020 CNT - CONTRUTORA NOVA TERRA 87.431,97 18,04% PAGO
07/09/2020 - 11/11/2020 CNT - CONTRUTORA NOVA TERRA 151.781,21 31,32% PAGO
23/12/2019 - 22/03/2020 CNT - CONTRUTORA NOVA TERRA 49.275,32 10,17% PAGO
21/11/2019 - 20/01/2020 CNT - CONTRUTORA NOVA TERRA 43.813,19 9,04% PAGO
Data Tipo Número Exercício Nome do credor R$ Valor Mais
02/07/2019 ADITIVO DE PRAZO 20180118-2 2019 CNT - CONTRUTORA NOVA TERRA 484.594,22
03/01/2019 ADITIVO DE PRAZO 20180118-1 2018 CNT - CONTRUTORA NOVA TERRA 484.594,22
04/06/2018 CONTRATO ORIGINAL 20180118 2018 CNT - CONTRUTORA NOVA TERRA 484.594,22

Contratos e aditivos registrados: 3

Justificativa da obra
O município de Miraíma apresenta cerca de 12.800 habitantes no último Censo (2010). Tem como base econômica a economia o setor de serviços, indústria e agricultura. Possui PIB per capita de R$ 5.050,38. Apresenta indicadores muito baixo com IDH: 0,592 e 11,83. Na comparação com os demais municípios do estado, sua posição era muito inferior ocupando 178° de 184°. Já na comparação com municípios do Brasil todo, sua colocação era ainda pior ficando 5439° de 5570°. Em 2015, tinha 94.5% do seu orçamento proveniente de fontes externas. Apresenta área de unidade territorial (2015) é 699,964km². Cerca de 19.8% de domicílios com esgotamento sanitário adequado (2010), 96.2% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização (2010) e 4.2% de domicílios urbanos em vias públicas (2010) com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio). Com relação à saúde o número de estabelecimentos de saúde/SUS são 6, sendo 5 UBS e 1 HPP. A taxa de mortalidade infantil média no município é de 15.15 para 1.000 nascidos vivos (2014). As internações devido a diarreias são de 1 para cada 1.000 habitantes (2016). Comparado com todos os municípios do estado, fica nas posições 66° de 184° e 89° de 184°, respectivamente. De acordo com dados do (IBGE 2010) 44,88% da população encontra-se na situação de extremamente pobre, com rendimento domiciliar per capita mensal de até R$ 70,00. Deste cerca de 50% residem na zona rural do município. O que caracteriza o município de pequeno porte com grande necessidade de investimento em políticas públicas de punho sociocultural. Contudo, no que diz respeito a doença de chaga, de acordo com o Parecer Técnico da Secretaria de Saúde do Estado - SESA, o município de Miraíma encontra-se classificado epidemiologicamente como área de risco para a transmissão da doença de Chagas. Desta forma, faz se necessário Implantação de Melhorias Habitacionais para o Controle da Doença de Chagas na Localidade de Brotas, na zona rural do Município de Miraíma/CE, por meio de construção de casas. Pretendemos com esta ação adequar às condições de moradia, promovendo unidades habitacionais que fortaleça a qualidade de vida e o controle a transmissão da doença de Chagas, uma vez que as péssimas condições de habitação das populações favorecem a colonização de vetores da Doença de Chagas, gerando riscos de propagação do vetor transmissor bem, como consequência, a manifestação da patologia. Assim, tentando melhorar a qualidade de vida da nossa população, estamos propondo a execução da referida obra. Com o referido pleito estaremos promovendo para diversas famílias no Município que vivem em áreas endêmicas, a melhoria das habitações, o que contribuirá para erradicação da incidência da Doença de Chagas e, consequentemente para a melhoria da qualidade devida. A proposta está em consonância com os interesses do programa, que tem como objetivo a redução/erradicação do barbeiro que é o transmissor da doença de Chagas.

Qual o seu nível de satisfação com essa informação?


Muito insatisfeito

Um pouco insatisfeito

Neutro

Um pouco satisfeito

Muito satisfeito